17 DE JUNHO DE 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Admin em Seg Set 28, 2015 11:03 pm

Albert demorou até conseguir voltar a dormir, mas ele conseguiu.
Naquela manhã, ele acordou, mas havia algo estranho ali... algo de diferente no apartamento. As coisas estavam remexidas, como se alguém tivesse entrado em sua casa e procurado por algo.
Ele observou que a janela estava com um pequeno buraco, como se tivesse sido quebrada por uma pequena pancada e que ela estava destrancada. Cacos de vidro estavam espalhados pelo chão e diversos papéis e livros jogados por todo o lugar. Não havia dúvida... ele teve a casa invadida durante a noite.

Vasculhando de forma melhor, Winston chegou à conclusão de que o livro que ele havia pêgo na biblioteca não estava mais lá. Foi a única coisa que ele achou surrupiada no lugar. Seria uma boa hora para chamar a polícia?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 58
Data de inscrição : 25/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário http://thefivegates.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Albert Winston em Ter Set 29, 2015 9:14 am

Acordo e me surpreendo em ver o apartamento revirado e saber que o livro fora furtado.
- Mas como...?

Imediatamente ligo para o detetive Soap, e ainda nervoso lá vou logo dizendo.

- Bom dia, inspetor Soap! M-me desculpe ligar, mas agora pela noite invadiram minha casa e o livro que lhe mostrei ontem foi levado! Por favor, venha aqui o mais breve possível, sim? Nao sei como descobriram que eu estava com ele!

Assim que desligo vou até minha mochila e vejo os meus backups o livro, no caso o pendrive principalmente. Ao ver no computador que ainda tenho o arquivo, fico mais aliviado, mas o mistério ainda perdura. Somente a bibliotecária e o inspetor sabiam do livro. Então será que ela...?

A paranoia começa a afetar meu raciocínio e começo a desconfiar até mesmo de policiais que estavam na cena do crime e dos punks que vi na delegacia. Contudo minha suspeita volta para a Sra. Sheyla. No registro da biblioteca tem meu endereço. Minha certeza se firma na hipótese de ela ter repassado a informação para alguém.

Então me lembro que ainda deveria ir à Universidade hoje, mas diante desse imprevisto ligo para a coordenação e informo que minha casa fora arrombada e teria que resolver assuntos burocráticos com a polícia e que teria que cancelar meus compromissos da manhã. Enquanto aguardo a polícia aproveito para imprimir as folhas que escaneei (2 vias) e guardo uma na minha pasta do trabalho e a outra em uma gaveta com chaves.

Aguardo a polícia chegar.
avatar
Albert Winston

Mensagens : 14
Data de inscrição : 07/09/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Admin em Ter Set 29, 2015 10:46 pm

Assustado, o professor Winston liga para o Detetive Soap.

Soap: Acalme-se, professor. Me conte o que aconteceu.

Depois de dizer, Soap informa que no momento n"ao está pelas redondezas e que está na cena de um crime.

Soap: Isso é mal. No momento eu estou nos arredores de Nova Orleans, na cena de um crime, professor. Não tenho como conversar com o senhor agora. Eu vou pedir que uma patrulha vá à sua casa e pegue o seu depoimento. Até logo.

Desligando, Winston cancela seus compromissos pela manhã para poder dar atenção ao caso de sua residência.
Após longos 20 minutos uma viatura chega até a casa do professor Winston. Tratavam-se de dois policiais, um devidamente uniformizado e o outro usando blazer e fumando um cigarro.

Nash: Professor Albert Winston? Eu sou o detetive Nash e este é o cadete McGuire. Sou parceiro do detetive Soap. Ele me informou da sua situação aqui. Por favor, me fale sobre o que aconteceu.

Olhou a sua volta.

Nash: O senhor tem café aqui? Não se importa que eu fume, certo?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 58
Data de inscrição : 25/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário http://thefivegates.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Albert Winston em Qua Set 30, 2015 10:26 am

Recebo os policiais e procuro ser um bom anfitrião. Lhes sirvo café e falo:

- Pode fumar se quiser, inspetor. Apesar de não gostar da fumaça, minha cabeça está longe de se importar com isso agora.

Mostro-lhes o local do arrombamento, a janela, e o local onde o livro estava.

- Eu acredito que somente duas pessoas sabiam que eu estava com o livro, o detetive Soap e a Sra. Sheyla, a bibliotecária. Não sei se alguém que estava na biblioteca me viu com o livro, mas pelo que percebo com certeza tem relação com o caso de ontem. E agora parece que estou envolvido também e eles sabem onde moro.

- A sorte foi que me precavi e dei uma cópia do material do livro para o detetive Soap, então o furto foi meio que fracassado quanto ao objetivo de atrapalhar a investigação.

Também me sirvo do café e, enquanto bebo, falo:

- Amanhã na universidade teremos uma palestra sobre religiões afro-americanas. Se quiserem podem falar com o palestrante, Prof. Adams, como possível consultor. Ele também sabe muito a respeito.

Por precaução omito que também guardo backup dos arquivos.
avatar
Albert Winston

Mensagens : 14
Data de inscrição : 07/09/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Admin em Qua Set 30, 2015 6:42 pm

O detetive Nash acende o cigarro e bebe um gole do café.

Nash: Hmm... Bom café. É brasileiro?

Ele ouve tudo o que é relatado pelo professor Winston e depois tira as suas conclusões.

Nash: Muito bem. Nós vamos interrogar a bibliotecária, como o senhor diz. Se ela souber de algo, nós vamos descobrir.

O detetive coça o cavanhaque escuro e se agaixa no chão. Pega uma caneta de seu bolso e pega algo no chão.

Nash: Me responda uma coisa, professor. O senhor tem algum compromisso hoje?

Olhando a cara de dúvida do professor, ele levanta a caneta, mostrando um cordão pendurado em uma caneta...



Nash: Porque acho que o senhor tem de me explicar o que o pingente de Jane Carter está fazendo aqui, debaixo do seu sofá.

Levantou-se e ficou com a expressão meio séria, como se quisesse identificar alguma mentira vinda do Professor Winston.

Nash: Vamos dar uma volta até a delegacia, sim?

Enfiou o pingente de Jane dentro de um saquinho de provas e se preparou para conduzir o professor Winston até a delegacia.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 58
Data de inscrição : 25/06/2015
Idade : 31

Ver perfil do usuário http://thefivegates.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Albert Winston em Qua Set 30, 2015 6:54 pm

Ainda bebendo o café, respondo:

- Sim, a marca é Maratá, "o melhor café que há", é o que dizem.

Quando o detetive Nash pega o pingente e me mostra, me assusto, mas me aproximo curioso:

- J-jane Ca-Carter? Nunca vi essa moça antes, detetive! Tenho certeza de que a pessoa que passou por aqui plantou isso!

Fico bem nervoso, pois sei que me sacanearam e com certeza foi o ladrão do livro. Contudo, vejo que o melhor é ir à delegacia. Respiro fundo e concordo.

- Tudo bem, inspetor. E verá que sou inocente.

Acompanho-o até a delegacia, mas peço, antes de sair:

- Por favor, já que não terei ninguém aqui, poderia ao menos destacar alguém para ficar aqui até eu voltar? Temo que voltem e agora tenho uma janela quebrada.
avatar
Albert Winston

Mensagens : 14
Data de inscrição : 07/09/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 17 DE JUNHO DE 2010

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum